Trocas de experiências entre incorporadoras e agentes financeiros melhoram o fluxo das contratações dos programas habitacionais

O diálogo das empresas da construção civil com os agentes financeiros públicos, destinado a um processo permanente de aperfeiçoamento de regras e reversão de gargalos operacionais, pode contribuir para a ampliação da contratação de crédito no próximo ano. Organizadas pela Comissão da Indústria imobiliária (CII) da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), as reuniões técnicas com Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal tem levado ao aperfeiçoamento de práticas que podem agilizar o acesso das empresas ao financiamento. “Esses encontros periódicos têm sido um grande espaço para que os gestores dos produtos de crédito dessas instituições possam aperfeiçoar e otimizar seus normativos, sistemas e também corrigir eventuais desvios de interpretação pela sua rede de atendimento”, diz Carlos Henrique Passos, presidente do Sinduscon-BA e líder do Projeto Melhorias para o Mercado Imobiliário da CII.

O aperfeiçoamento do arcabouço operacional e a troca de informações técnicas entre empresas e bancos tem impacto positivo para ambas as partes, melhorando a execução das obras. Diretor de Empréstimos, Financiamentos e Crédito Imobiliário do Banco do Brasil (BB), Edson Pascoal Cardozo adianta que em 2017 o banco continuará investindo em melhorias de atendimento e de produto, especialmente nos seus canais digitais. “Está previsto o desenvolvimento de melhorias do imobiliário digital, que simplificará e agilizará a análise e contratação do crédito imobiliário, melhorando a satisfação dos nossos clientes”, afirma o diretor do BB.

O dirigente do Banco do Brasil destaca também que desde outubro deste ano, a instituição financeira tem realizado melhorias no processo de avaliação do proponente nos empreendimentos do Programa Minha Casa Minha Vida. “O Pré-SAC efetua a pré-avaliação de crédito do proponente, sem necessidade de apresentação de documentos, e a validação automática de renda, que dispensa o comparecimento nas agências dos clientes que apresentarem Declaração de Rendimentos na comprovação de renda.”

Leia matéria completa aqui.

Fonte: CBIC