Sindicel alerta sobre fios e cabos fora do padrão

Atenção revendedores, distribuidores, instaladores, construtoras e consumidores: o Sindicato da Indústria de Condutores Elétricos, Trefilação e Laminação de Metais não Ferrosos do Estado de São Paulo (Sindicel-SP) alerta para a presença de produtos fora dos padrões exigidos pela ABNT, mas com selo do Inmetro, e selos de certificação falsos no mercado de fios e cabos elétricos para instalação predial.

Segundo a entidade, existem peças com uma quantidade do metal do cobre abaixo da exigida para fios condutores, o que representa risco de curto-circuito e até incêndio. Outras irregularidades apontadas pelo Sindicel são: isolamento dos fios feito com PVC de má qualidade e quantidade do rolo menor do que a especificada na embalagem padrão.

O sindicato recomenda aos consumidores adquirir produtos com o selo do Inmetro e o nome ou CNPJ do fabricante na embalagem. No comunicado, o sindicato ressalta que todo fabricante é responsável pela certificação do produto pelo sistema Inmetro, e todo revendedor (lojista) ou distribuidor é responsável pela comercialização do produto certificado.

Com o objetivo de coibir a comercialização desses produtos, o Inmetro adotou uma nova metodologia de acompanhamento no mercado, com medição in loco da resistência elétrica dos produtos em ações de fiscalização de fábricas, depósitos de importadores e pontos de venda. A lista de empresas e marcas com certificação está disponível no site do Inmetro (www.inmetro.gov.br).

Fonte: Sinduscon-SP