Presidente Dilma entrega casas e anuncia R$ 419 milhões para mobilidade urbana

Dilma chegou ao Residencial Viver Melhor e visitou duas casas do conjunto habitacional. A presidente entregou ainda chaves para alguns dos moradores. “O dinheiro utilizado na construção dessas casas é do povo brasileiro, então não precisa agradecer”, disse. Dilma Rousseff assegurou ainda que deve continuar investindo no ‘Minha Casa, Minha Vida’, e afirmou que o volume de casas entregues deve ser ampliado progressivamente.

Durante discurso, Dilma anunciou investimentos em mobilidade urbana. Segundo a presidente, o Governo Federal destinará R$ 419,6 milhões para construção de corredores exclusivos de ônibus. As obras devem ser feitas em parceria com o Governo do Estado e Prefeitura de Manaus.

O Estado deverá ficar responsável pela construção dos corredores Leste e Oeste, com 12 e 8,5 quilômetros de extensão, respectivamente, na ordem de R$ 295 milhões. Já a prefeitura deve construir quatro projetos de corredores exclusivos, com recursos de R$ 125 milhões.

As obras do Governo do Estado, segundo o ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, deverão atender as avenidas das Torres, das Flores, e do Turismo, e outra que liga a Colônia Antônio Aleixo até a Bola do São José. As da prefeitura atendem uma área maior, abrangendo as avenidas Constantino Nery, Torquato Tapajós, Max Teixeira, Noel Nutels, Coronel Teixeira (Estrada da Ponta Negra), Avenida Brasil, Avenida Boulevard Álvaro Maia, Autaz Mirim, Humberto Calderaro (antiga Paraíba) e Mário Ypiranga (antiga Recife).

Apesar de anunciar os investimentos, a presidente não confirmou um prazo para entrega das obras e da liberação dos recursos.

Após a entrega das casas, a presidente seguiu para o Palácio Rio Negro, no Centro de Manaus, onde participa de almoço oferecido pelo Governo do Estado. Em seguida, Dilma visitará as obras da Arena da Amazônia, estádio que receberá a Copa do Mundo, e entregará o Barco Escola Samaúma II, do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI Amazonas), na Estação Naval do Rio Negro — Comando 9º Distrito Naval, localizado no Distrito Industrial, Zona Sul de Manaus. Depois de cumprir os três compromissos, a presidente retorna à capital federal. Não há horário previsto para o voo.

Fonte: CBIC