Mercado da construção civil enfrenta retração em Juiz de Fora

O setor de construção civil em Juiz de Fora está seguindo em ritmo lento. Os lançamentos imobiliários reduziram em quase 10% e muitos ainda estão sendo adiados. Embora o setor não esteja totalmente paralisado, o reflexo da crise resultou em quase mil demissões na cidade, de acordo com uma estimativa do Sindicato da Indústria da Construção Civil de Juiz de Fora (Sinduscon/JF).

Para os investidores, as medidas do Governo Federal que restringiram créditos imobiliários como juros mais altos e reduziram o valor financiável dos imóveis também tornaram o trabalho mais difícil. A baixa neste caso chega a 20%.

Com grandes construções paradas, os pequenos construtores ficam receosos, refletindo diretamente na queda do movimento nas lojas de materiais de construção.

Fonte: G1.com