Desenvolvimento Urbano promove seminário sobre construções sustentáveis

A Comissão de Desenvolvimento Urbano vai promover seminário sobre Construções Sustentáveis. O evento será realizado na terça-feira (10), às 14 horas, no Plenário 14.

O objetivo é promover oportunidade para fortalecer o diálogo entre a sociedade e o Poder Público e, assim, definir ações necessárias para tornar a sustentabilidade na construção brasileira um novo parâmetro.

De acordo com o Ministério do Meio Ambiente, no âmbito da Agenda 21 para a Construção Sustentável em Países em Desenvolvimento, a construção sustentável é definida como: “um processo holístico que aspira a restauração e a manutenção da harmonia entre os ambientes natural e construído, e a criação de assentamentos que afirmem a dignidade humana e encorajem a equidade econômica”.

Segundo o deputado Arnaldo Jardim (PPS-SP), que solicitou a audiência, a cadeia produtiva da construção civil tem uma nova agenda a cumprir. “As mudanças climáticas e a escassez de recursos naturais exigem novas formas de organização empresarial e política. O modelo a ser buscado pelo setor é o do desenvolvimento humano, da inovação tecnológica e do uso equilibrado de recursos disponíveis”, disse.

Transformação no setor

A transformação, porém, disse Jardim, exige mudanças em termos de regulamentação, mercado, preços de produtos, insumos e mensuração de lucros e perdas. “Mudanças essas que se tornarão realidade na medida em que passarmos a encarar os desafios da cadeia produtiva da construção não mais sob uma lógica de custos, mas de oportunidades”, declarou.

O parlamentar também disse que para se chegar a um estágio no qual a construção sustentável seja uma prática universalizada, é necessária a atuação dentro de eixos estratégicos: fomento a políticas setoriais e públicas e à legislação; atenção ao poder de compra do Estado; concepção de projeto da obra; inovação tecnológica; e gestão de pessoas e processos.

Fonte: CBIC