Custo da Construção Civil de JF cresce 9,18% em 2013

O Sindicato da Construção Civil de Juiz de Fora (Sinduscon/JF) divulgou recentemente análise a respeito da variação do Custo Unitário Básico (CUB/m²) da Construção Civil na cidade em 2013. De acordo com o Sinduscon/JF, a variação durante o ano passado foi de 9,18%, ficando 1,13% acima do Índice Nacional de Custo da Construção do Mercado (INCC-M), que acumulou alta de 8,05%.

Em relação ao Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), calculado e divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o CUB-JF teve também maior índice. O IPCA é utilizado como referência para o acompanhamento da evolução da inflação no País e acumulou no ano passado alta de 5,91%, 3,27% a menos que o custo da construção juiz-forana.

Para o engenheiro civil da Comissão de Materiais, Tecnologia, Produtividade e Qualidade (COMAT) do Sinduscon/JF, Adriano Castro Moreira, a alta do CUB/m² é justificada pelo incremento no custo dos materiais de construção e pelo reajuste da mão de obra. “Vale lembrar que a categoria profissional na cidade apresentou em 2013 alta de 9%, em média, e em algumas ocupações chegou a 11,19%”, destacou.

2014

Em janeiro de 2014 a variação do CUB foi de 0,54% justificada pelo incremento no custo dos materiais de construção e pelo crescimento do custo com despesas administrativas. O INCC‑M fechou o mesmo mês em 0,70% enquanto o IPCA aumentou 0,55%. A variação de fevereiro ficou em 0,15%.

O CUB/m² é calculado com base nos diversos projetos-padrão estabelecidos pela ABNT, considerando os lotes básicos de insumos como materiais de construção, mão de obra, despesas administrativas e aluguel de equipamentos.