Sinduscon-JF homenageia empresas que se destacaram na elaboração do CUB...

Um agradável jantar marcou a confraternização dos colaboradores do CUB do Sindicato da Indústria da Construção Civil de Juiz de Fora (Sinduscon-JF). Promovido pela entidade, através da Comissão de Materiais, Tecnologia, Produtividade e Qualidade (COMAT), o encontro reuniu, no dia 26 de novembro, os diretores das empresas e os colaboradores responsáveis pela coleta do Custo Unitário Básico da Construção Civil (CUB) em Juiz de Fora. A confraternização acontece anualmente no Berttu’s Restaurante, com o objetivo de oferecer um momento de integração entre as pessoas responsáveis pela apuração do índice. Na ocasião, também são homenageadas as empresas que se destacaram na elaboração do índice durante o ano.

O presidente do Sinduscon-JF e da FIEMG Regional Zona da Mata, Aurélio Marangon Sobrinho, agradeceu a presença de todos, enfatizando inicialmente a importância Sindicato para a sociedade. “Há 72 anos nossa entidade defende os interesses legítimos da Construção, inclusive no que se refere à elaboração do plano diretor, colaborando para o desenvolvimento de Juiz de Fora através da geração de renda, empregos e estabilidade”, disse.

Aurélio destacou ainda os serviços oferecidos pelo Sinduscon-JF às empresas associadas e falou sobre a relevância do CUB JF para o setor. Há 24 anos o Sinduscon-JF apura e divulga o CUB de Juiz de Fora, tudo feito através do trabalho da COMAT e da colaboração voluntária dos responsáveis pela coleta dos dados nas empresas participantes.

O presidente da COMAT, Sérgio Campos, que atua juntamente com Ricardo Guerrero e Aurélio Marangon Júnior, disse que a Comissão trabalha para que o índice seja cada vez mais representativo para o setor. “É hora de confraternizar a agradecer a todos que colaboram com este trabalho voluntário, importante não só para a Construção Civil, mas para toda a sociedade. Sérgio informou que os dados repassados pelas empresas são coletados e conferidos minuciosamente, dentro de prazos e critérios estabelecidos, para só depois darem origem ao índice que será divulgado. ”Trata-se de um trabalho de grande responsabilidade”, afirmou.

Ricardo Guerrero pediu que todos procurem incentivar a adesão de novas empresas ao projeto, pois quanto maior o número de participantes, melhor é a coleta, mais precisos são os resultados e mais apurado e confiável o índice se torna. Aurélio Júnior ressaltou o alto grau de responsabilidade das empresas, o que torna o CUB produzido pelo Sinduscon-JF de alta confiabilidade. “Estou indo para o terceiro ano à frente do cáculo do CUB e percebo uma melhora muito grande na questão da coleta e aproveitamento. Aumentamos nosso número de empresas colaboradoras, sempre buscando fazer com que o CUB JF continue sendo o mais confiável do interior de Minas e um dos mais confiáveis do país”, disse.

Durante o evento, três empresas receberam uma placa em homenagem ao seu comprometimento com o fornecimento dos dados em 2018 e com o aperfeiçoamento constante dos índices do Sindicato. Questões como prazos de entrega e integralidade das informações fornecidas foram levadas em conta. Em primeiro lugar ficou a empresa J. Gobira Engenharia, representada por Márcio Mendes; seguida pela Construtora Nortesul, com Luiz Filipe Rezende; e pela Haec-Congel, representada por Waltencir Francisco Alves.

Graciele Vianna

Analista de Comucação

FIEMG Regional Zona da Mata